Lolly Baby

Empresa
Blog
Produtos
Onde comprar
Trabalhe Conosco
Contato
Home > Blog > A Páscoa do bebê

A Páscoa do bebê



A Páscoa do bebê

Na Páscoa é muito difícil escapar dos chocolates. Para os pais mais preocupados com o consumo do doce, a boa notícia é que o chocolate nãio é um alimento ruim, ele só deve ser consumido com moderação e alguns cuidados!

 O cacau traz muitos benefícios à saúde. O alimento é rico em substâncias antioxidantes, que combatem os radicais livres, responsáveis por desencadear diversas doenças.  Além disso, é um importante estimulante para a produção de serotonina, libera endorfinas e eleva a disposição mental. Por isso, o cacau pode ser considerado um aliado para reforçar a sensação de bem-estar, reduzir a ansiedade e alguns sintomas de depressão.

 

Portanto, na hora de escolher o chocolate da Páscoa, prefira aqueles que imagestêm uma maior concentração de cacau. Os chocolates amargo ou o meio amargo são os mais indicados, na medida em que contém menos açúcar, menos leite e cacau mais puro, com concentração de pelo menos 70%. Já o chocolate ao leite, mais comum no formato de ovo de Páscoa, tem um teor mais baixo de cacau (entre 36% e 46%) e mais açúcar, leite e gordura. Consequentemente, essa opção mais doce e preferida por grande parte das crianças perde em nutrientes e ganha em calorias.

 

Apesar das desvantagens do chocolate ao leite, quem ganha o título de vilão da Páscoa é o chocolate branco. Neste caso, a concentração de cacau é zero, e perdem-se todas as vantagens do consumo desse fruto para a saúde. Além disso, a quantidade de gordura na mistura é maior em comparação ao chocolate amargo ou ao chocolate ao leite, contribuindo para o ganho de peso e para o aumento no nível de colesterol.

 

Há, ainda, os ovos de Páscoa especiais, nas versões diet, light, sem lactose, sem glúten, de soja. São alternativas para quem precisa seguir uma dieta específica, como pessoas com intolerância ou alergia ao leite e derivados, celíacos e diabéticos. Nestes casos, o consumo de chocolate deve ser orientado por um médico ou nutricionista.

 

Qualquer que seja a escolha do chocolate de Páscoa, o importante é que ele seja consumido com moderação, em pequenas porções e preferencialmente nos lanches da manhã e da tarde. É recomendável, também, a prática de atividades físicas, que ajudarão a queimar a energia a mais ingerida com as guloseimas.



PUBLICADO EM: 28/03/2018

Avenida Dr. Sebastião Armelin, 690
Bairro Corte Preto - Capivari - SP
CEP 13360-000
Telefone: (19) 3492-8270 sac@lollybaby.com.br
Área restrita
Login


© 2016 Lolly. Todos os direitos reservados.