Lolly Baby

Empresa
Blog
Produtos
Onde comprar
Trabalhe Conosco
Contato
Home > Blog > A luta contra o sono

A luta contra o sono



A luta contra o sono

É hora de criança dormir na sua casa: 20h, digamos. Você dá um beijo no seu filho, deseja boa noite e o coloca na cama.

O dia foi duro, e você ainda tem um monte de coisas para fazer. Sem dizer que seria ótimo conseguir sentar um pouco no sofá para assistir à TV e descansar.

Mas nada disso acontece. O tempo vai passando e você continua lá, no quarto do seu filho, tentando fazê-lo dormir. Relaxar na frente da TV, nem pensar. A louça fica suja na pia e todo mundo fica nervoso. E aí, finalmente, ele dorme... três horas depois.

Não é só com você que isso acontece. Em muitas famílias a rotina é sempre a mesma. A criança está obviamente com sono: boceja, esfrega os olhos e abre o berreiro por qualquer motivo. Ou então está superagitada -- o que pode também ser sinal de cansaço.

 

Por que meu filho briga tanto na hora de dormir?

Sabe quando você tem tanta coisa para fazer que não sabe nem por onde começar, e fica como barata tonta?

O que está acontecendo com seu filho é mais ou menos a mesma coisa. Há tanta coisa nova acontecendo, que ele não quer perder nada.

Além disso, a criança está começando a perceber que é uma pessoa única, e quer declarar sua independência a todo custo. Recusar-se a dormir, para ela, é um jeito de fazer isso.

 

Assim, algumas das principais razões pelas quais uma criança luta contra o sono são:

  • Estar confuso sobre a rotina na hora de ir para a cama
  • Não conseguir relaxar e adormecer sozinho
  • Querer testar a própria independência
  • Querer mais tempo com os pais
  • Ter medo de que os pais (ou cuidadores) não voltarão mais
  • Ter recebido estímulos em excesso perto da hora de dormir

 

Veja abaixo algumas ideias do que pode ser feito:

Reservar um tempo para conversar com a criança

Seu filho pode estar lutando contra o sono simplesmente porque quer um tempinho a mais para ficar com os pais e ser ouvido. Especialmente se você trabalha fora, reserve um momento antes de levá-lo para a cama para conversar sobre como foi o dia dele.

 

Manter uma rotina para a hora de dormir

Estabelecer um ritual para a noite ajuda a criança a entender que está chegando a hora de ir para a cama. A rotina pode incluir, por exemplo, banho, escovar os dentes, contação de história e um beijo de boa noite.

É importante avisar a criança que em alguns minutos será a hora de começar a se preparar para dormir. Também ajuda se você explicar que é importante descansar para ter energia e brincar novamente no dia seguinte.

 

Não entrar na enrolação dele

Crianças são mestres em negociar e enrolar para ganhar um tempinho, principalmente na hora de dormir.

Para evitar o uso desses truques, inclua os pedidos mais comuns de seu filho no ritual da hora de dormir: deixe um copinho com água ao alcance dele, lembre-o de ir ao banheiro (se ele já estiver desfraldado) e dê muitos beijos e abraços. Aí permita um pedido só, e deixe claro que é só um e pronto. Assim é maior a chance de ele se conformar e sossegar.

 

Dar opções na hora de dormir

Seu filho está testando os limites da recém-descoberta independência. Para ajudá-lo a se sentir "poderoso", deixe-o escolher algumas coisas: o pijama, a história que quer ouvir, a música.

O segredo é dar no máximo três opções que sejam pré-aprovadas por você. Numa noite de frio, por exemplo, não pergunte "Que pijama você quer pôr?", e sim, escolha os dois mais quentinhos e pergunte "Qual dos dois você quer pôr?".

 

Ser firme

Faça de tudo para não ceder aos apelos do seu filho por uma exceção à regra da hora de dormir, "só hoje, vai....".

Se você ceder ao "só mais um pouquinho", ele vai pedir sem parar até conseguir de novo. Ignore os pedidos, assim como faz com os ataques de birra.

 

Transferir a criança do berço para a cama

Entre os 2 e os 4 anos, a criança fica pronta para passar do berço para uma cama. Você pode dizer a ela que uma das coisas que crianças grandes fazem é ir para a cama quando estão cansadas.

Elogie bastante sempre que ela estiver na cama, e arme-se de paciência para quando ela descobrir que pode levantar quando quiser. É apenas uma fase: leve-a de volta e diga que é hora de dormir. Depois de algumas vezes (ou muitas), ela se conforma e dorme.

 

Criar bons hábitos de sono exige tempo e paciência, mas o esforço vale a pena. Se a situação na sua casa está insustentável, tome coragem e comece já a acabar com as brigas na hora de dormir. 



PUBLICADO EM: 12/09/2016

Avenida Dr. Sebastião Armelin, 690
Bairro Corte Preto - Capivari - SP
CEP 13360-000
Telefone: (19) 3492-8270 sac@lollybaby.com.br
Área restrita
Login


© 2016 Lolly. Todos os direitos reservados.