Lolly Baby

Empresa
Blog
Produtos
Onde comprar
Trabalhe Conosco
Contato
Home > Blog > Doenças de verão

Doenças de verão



Doenças de verão

As longas horas de diversão e exposição ao sol, à beira de piscinas ou na praia, criam uma situação perfeita para o aparecimento de conjuntivite, insolação e problemas gastrointestinais.

 

 

Essas são as enfermidades que mais comumente atingem as crianças durante esta estação e falaremos um pouco sobre cada uma delas a seguir.

 

Conjuntivite: a água de praia ou piscina em más condições de higiene e a exposição excessiva aos raios solares são as principais causas da conjuntivite de verão em crianças. Os sintomas clássicos da doença são olhos irritados e avermelhados, que passam a produzir uma secreção de cor amarela ou verde. Recomenda-se lavar os olhos com água, para limpar a secreção e evitar maior contaminação e inflamação da área. O tratamento deve ser feito por um médico, portanto, caso note esses sinais no pequeno, leve-o imediatamente para o hospital.

 

Insolação: as crianças amam brincar ao ar livre durante os dias de calor e perdem a noção do tempo nessas situações. Por isso, os pais têm que tomar cuidado com a duração da exposição ao sol durante as brincadeiras dos pequenos. Mesmo utilizando filtro solar, é recomendável que a criança se exponha diretamente ao sol por cerca de 15 a 20 minutos, no máximo. Então, é necessário que ela permaneça algum tempo na sombra e volte a reaplicar o filtro solar na próxima exposição direta. Também é importante lembrar de reaplicar o filtro toda vez que o pequeno sai da água do mar ou da piscina, mesmo que o produto afirme ser resistente à água. Quanto às crianças de menos de 18 meses de vida, é melhor não deixá-las diretamente expostas ao sol, pois ainda possuem uma pele muito sensível.

 

Doenças gastrointestinais: a mais comum do verão é a diarreia. Sua frequência aumenta, pois, com o calor, os alimentos estragam mais rápido. Por exemplo, mesmo que você leve alimentos para a praia dentro de um isopor ou de uma bolsa térmica, a comida pode começar a estragar devido ao calor excessivo do ambiente, fazendo mal a quem a consumir. Não se esqueça que as crianças possuem menor resistência física do que os adultos, então o que faz mal a elas nem sempre nos faz mal. Em todo caso, ao menor sinal de um desarranjo gastrointestinal, faça com que ela beba muita água para repor os líquidos do corpo. No momento em que a diarreia superar a capacidade da criança se hidratar, leve-a ao hospital para tratamento.


PUBLICADO EM: 07/03/2017

Avenida Dr. Sebastião Armelin, 690
Bairro Corte Preto - Capivari - SP
CEP 13360-000
Telefone: (19) 3492-8270 sac@lollybaby.com.br
Área restrita
Login


© 2016 Lolly. Todos os direitos reservados.